Amigas, eu não sei vocês, mas eu nunca pensei em namorar um homem careca, porém acabei ficando com um…rs

Não que eu tenha me apaixonado por um homem que já fosse careca, pelo contrário, quando conheci meu namorado ele era muito, mas muito cabeludo muito e cá pra nós, o cabelo dele era um charme com aquela franja comprida, muito bonito mesmo.

Porém o tempo passou e o improvável aconteceu, meu namorado começou a perder cabelos, no início ele não ligou muito, mas depois de uns meses a queda começou a ficar mais acentuada e ele começou a se preocupar mais, começou a tomar alguns cuidados para diminuir a queda como passar de usar muito gel nos cabelos, evitar o uso de bonés e coisas assim.

Causa da Calvície

Ele pensou que tomando estes cuidados a queda iria parar, mas não foi o que aconteceu, os cabelos continuaram caindo num ritmo muito rápido para desespero dele, tanto que ficou preocupado que estivesse com alguma doença ou algo assim, foi ao médico, fez exames e graças a Deus tudo estava bem, o médico disse que o problema era provavelmente stress.

O diagnóstico de stress fez sentido para ele como para mim, pois o Daniel estava realmente sob muito stress com algumas coisas no trabalho, ele conversou com o chefe que era muito seu amigo e conseguiu adiantar suas férias, resolvemos viajar por 15 dias para ver se ajudava e foi muito bom.

Durante todo o tempo que estivemos viajando ele ficou muito bem, aproveitou bastante, descansou, esqueceu dos problemas e ao voltar pra casa o stress tinha ido embora completamente, mas mesmo ele estava ficando cada vez mais calvo. Resolvemos fazer consulta com uns 2 especialistas diferentes e a ambos falaram praticamente a mesma coisa, algo que depois descobrimos é o que a maioria dos médicos falam para quem está ficando calvo:

Em outras palavras: disseram que é algo natural e que não teria o que fazer para parar a queda de cabelo, mas nós resolvemos pesquisar um pouco sobre o tal hormônio comentado no vídeo acima  o Di-hidrotestosterona e o que encontramos foi bem interessante.

Descobrimos que este hormônio não é apenas uma das causas da calvície e sim a principal causa do problema. E que alimentação pode ajudar a controlá-lo, ao descobrir isto entendemos que talvez o problema se acentuou pela má alimentação que estávamos tendo juntos pois praticamente a gente só saia para comer porcaria, pizza, batata frita, frango frito, hambúrguer, etc.

Encontramos o site www.antidht.net que explica bastante sobre o DHT e como ele pode ser combatido através da mudança de hábitos alimentares, ingerindo alimentos saudáveis que tem propriedades que ajudam a diminuir o nível do hormônio no organismo.

A partir dai, o Daniel começou a comer algumas coisas que nunca tinha comido antes como mirtilo, castanhas do pará, nozes e também a ingerir alguns suplementos naturais como o Saw Palmeto e por incrível que pareça seus cabelos pararam de cair, melhor do que isto, após alguns meses, começaram a aparecer fios onde já não existia mais cabelo.

O Daniel ainda não tem toda cabeleira que tinha quando o conheci, mas a cada dia que passa está crescendo mais cabelos e tenho certeza que daqui alguns meses já vai estar bem melhor.

Se você tem um namorado, amigo, irmão, etc que está passando por este problema, explique a eles sobre a verdadeira causa da calvície para ajudá-los a recuperar os fios perdidos!